Redação Espírita - Mensagens, Palestras Online, Psicografias...

MENU

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

É NATAL... Em Nossos Corações!

É NATAL... Em Nossos Corações!

Amigos, todos já sentimos que o Natal se aproxima, sem mesmo olhar no calendário, pois o mundo ao nosso redor está todo “enfeitado” e preparado para as celebrações do Natal.

Amigos, todos já sentimos que o Natal se aproxima, sem mesmo olhar no calendário, pois o mundo ao nosso redor está todo “enfeitado” e preparado para as celebrações do Natal.

Mas e nós? Estamos realmente preparados para celebrar o Natal? Ou ainda, sabemos o que vamos efetivamente celebrar no Natal?

O Natal traz consigo uma emanação de sentimentos nobres como a alegria, a esperança e a solidariedade. Todo o orbe é “mergulhado” em ondas vibracionais da mais pura harmonia e beleza.

O plano espiritual compartilha com esses nobres sentimentos e auxilia nessa névoa que poderia permanecer não somente nos dias que antecedem o Natal mas durante todos os dias do ano. Na verdade a Espiritualidade até tenta, mas os nossos pensamentos e vibrações acabam por destruir essa teia de harmonia e alegria.

Por essa aura de harmonia, o Natal tem sido ao longo dos tempos, considerado um tempo magico, onde os sonhos se realizam. Observem que sentido maravilhoso tem essas palavras, mas vamos nos aprofundar um pouco mais.

De onde vem essa harmonia, esperança, alegria e solidariedade?

Essas vibrações que cobrem o orbe são emanações diárias do Mestre Jesus e de seus benfeitores, nos incentivando a desenvolver tais virtudes através do Amor fraterno contido no Evangelho.

Mas porque então não percebemos essas emanações todos os dias? Por que somente no Natal sentimos esse clima mais harmonioso? E por que ao longo dos anos cada vez menos sentimos essas emanações até mesmo no Natal?

A resposta para todos os questionamentos está dentro de cada um. Ou seja, percebemos e sentimos as vibrações que estão na mesma frequência que nós.

No Natal celebramos e revivemos o nascimento de Jesus, assim deixamos nos envolver ainda que apenas por alguns momentos pela simplicidade e mansidão do Mestre Nazareno que se fez presente entre nós, como uma pessoa comum, sem privilégios.

Vivenciando todos os desafios que a matéria nos impõe, e mesmo assim superou a tudo deixando um roteiro completo de como alcançar a evolução e o amadurecimento moral.

O Natal precisa ser vivo no interior de cada coração. Assim vamos analisar um pouco mais os símbolos do Natal

Cristo chega na simplicidade material como fruto do Amor, se fazendo parte de uma família comum. Sendo assim destacamos a importância da união de duas pessoas para dar início a uma família, a qual é responsável pela construção de laços de amor, união, fé e responsabilidades no aprendizado das virtudes morais para o desenvolvimento de nosso espírito.

O casamento nada mais é do que pelo livre arbítrio o compromisso de juntos desenvolverem um ao outro para que consigam avançar na jornada espiritual.

Continuando nossa análise vamos agora entender a humildade apresentada pelo Cristo se fazendo “pequeno e simples”, exemplo vivo das bem-aventuranças encontradas em seu evangelho. Lembramos que somente os simples e puros de coração, poderão vislumbrar o reino dos céus. Reino este que nada mais é do que o nosso mais profundo eu, onde trazemos a centelha divina do Pai. Assim o Cristo só poderá habitar esse reino (nosso interior) se cultivarmos o amor, a humildade, a mansidão.

Então questionemos: Estou realmente preparado para celebrar o Natal? Para reviver o nascimento do Cristo dentro de mim? Para me colocar a seu dispor, a seu serviço na divulgação do reino de Amor e paz?

Vamos mais além... Estou vivenciando a experiência do Natal em família? Ou seja, me preocupando em ser amor, carinho, suporte e paciência para com aqueles que estão mais próximos ou simplesmente os esqueço e acomodo minha consciência fazendo uma caridade (um presente, uma cesta) para um desconhecido?

O quanto me esforço para entender as opiniões contrárias as minhas e viver em harmonia?

Deus presenteou o mundo com Jesus e por isso no Natal costumamos trocar presentes. Quais os presentes que vou ofertar neste Natal? Esses presentes estão em sintonia com o verdadeiro significado do Natal, ou são meras aquisições materiais?

Excelentes presentes são o sorriso, o carinho, a atenção, o estar próximo, o ser solidário, a prece... Dentre tantos outros.

Por que meus amigos queridos, o Natal tem que ser celebrado somente uma vez ao ano, quando trazemos o Cristo vivo dentro de nós todos os dias?

O Pai nos fez para a felicidade, a alegria, o amor. Assim não é proibido celebrar com alegria ao Natal. Não é proibido reunir a família e amigos e ter uma mesa com pratos especiais. Não é proibida a troca de presentes. O que não é correto são os excessos, a valorização somente do bem material, o não agradecimento por todas as oportunidades de aprendizado e crescimento que nos são oferecidas a cada dia.

Por que meus irmãos só ser solidário com os que têm menos, no Natal?

Por que esperar somente pelo dia 24 ou 25 de Dezembro para reunir a família e os amigos e brindar a vida? Por que enfeitar a casa somente no Natal? Por que distribuir sorrisos, palavras de carinho atenção, paciência, cartões, mensagens de agradecimentos, felicitações e desejos de paz e harmonia somente no Natal?

Vamos renascer... Vamos fazer um novo recomeço, que nos leve a uma vida com mais cor, sabor e alegria... Vamos deixar Jesus participar de todos os nossos momentos.

Façamos, pois deste Natal o Natal do coração, onde dentro de cada coração estará o propósito de ser um testemunho do Cristo vivo no mundo. Assim estaremos mais próximos do mundo de regeneração que se aproxima com passadas largas.

O tempo urge, meus amigos e a Espiritualidade conta com nosso auxílio para que Cristo se faça presente entre todos.

Meus irmãos.

Deixo lhes a Paz e a Harmonia embaladas com o Amor Fraterno, como presentes do Natal com Jesus em cada coração!

Médium: Lúcia
Espírito: Matheus (Colônia Espiritual Maria de Nazaré)

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

[Ver mais sobre Brancos Existenciais]

Brancos Existenciais

Há momentos em que as palavras somem e ficam apenas os sentimentos, acompanhados daquela...

[Ver mais sobre Flores e Frutos]

Flores e Frutos

A magnitude da bondade de Deus se manifesta espontaneamente em todos os cantos de sua obra.

[Ver mais sobre Que Brilhe a Vossa Luz!]

Que Brilhe a Vossa Luz!

Eis meus amigos o convite do Mestre: Que Brilhe a Vossa Luz! Por que somos convidados a fazer com...

Olá, deixe seu comentário para É NATAL... Em Nossos Corações!

Enviando Comentário Fechar