Redação Espírita - Mensagens, Palestras Online, Psicografias...

MENU

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Memórias Vazias

Memórias Vazias

Pegando carona com as estrelas brilhantes, avistamos a terra do cruzeiro com todas as criações que meus filhos precisam, criam e recriam!

Pegando carona com as estrelas brilhantes, avistamos a terra do cruzeiro com todas as criações que meus filhos precisam, criam e recriam!

Chego trazendo um cheiro de mata, uma chuva suave que junto com o arco-íris do sol formam uma alquimia perfeita, trazendo renovação para quem se permitir usufruir das energias benfazejas da Natureza.

Acredito que este pequeno relato, muitas memórias tenha acessado. Muitos filhos sentiram saudade, dor, angustia, alegria, ou sentimento algum.

Isso acontece por que possuímos várias memórias. Arquivos extensos, que muitas vezes carregamos todos ao mesmo tempo em que tornam nossa máquina cerebral lenta, cansada e com falhas.

Simbolicamente acreditamos que as férias servem para organizar nossos arquivos. Porém, somente a distância do meio não desconecta da energia da situação.

Já sabemos que tudo se resolve dentro para depois se materializar fora. Então, se meus filhos se sentem em seus limites, esgotados, pedindo férias, antes de viajar deem férias para suas memórias. Vamos esvaziar nossas “malas”. Vamos aprender a usar os arquivos que temos a nossa disposição.

O esgotamento chega por falta de disciplina, paciência ou excesso de entusiasmo. Conhecer nossos limites e prioridades é o primeiro indício de maturação espiritual. Estar com todas nossas memórias ativas não é sabedoria é lixo energético atrapalhando nosso caminho.

Hoje venho convidar meus filhos a esvaziar suas memórias. Pensar no cheiro da mata, escutar o barulho da chuva, do Rio. Sentir a brisa fresca, o calor de um beijo. Maravilhar os olhos com os matizes das flores, dos pássaros. Vamos abrir as portas para a Natureza! Nela encontramos nossos remédios, nossa calma, nosso equilíbrio. Se permitam por algum tempo, durante o dia, desativar todas as suas memórias e recarregar as baterias com o melhor que o universo pode oferecer.

Filhos confiem no Amor, esqueçam o controle. Apostem na alegria, deixem as queixas serem deletadas. Vamos compreender que o pai não nos criou para sofrer. Esta parte fica por conta das nossas memórias carregadas, desequilibradas! Vamos transformar nosso Evangelho em receita de uso contínuo, esvaziar nossas memórias e nos dar um grande abraço, cheio de Amor Próprio, a cada amanhecer esplendoroso na terra do cruzeiro!

Deixo vocês com as gotas de orvalho, energizadas pelos primeiros raios da manhã. Um largo sorriso e o amor incondicional do nosso Pai Criador!

 

Médium: Ariana
Espírito: Irmão José (Colônia Espiritual Maria de Nazaré)

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

[Ver mais sobre Brancos Existenciais]

Brancos Existenciais

Há momentos em que as palavras somem e ficam apenas os sentimentos, acompanhados daquela...

[Ver mais sobre Flores e Frutos]

Flores e Frutos

A magnitude da bondade de Deus se manifesta espontaneamente em todos os cantos de sua obra.

[Ver mais sobre Que Brilhe a Vossa Luz!]

Que Brilhe a Vossa Luz!

Eis meus amigos o convite do Mestre: Que Brilhe a Vossa Luz! Por que somos convidados a fazer com...

Olá, deixe seu comentário para Memórias Vazias

Enviando Comentário Fechar