Redação Espírita - Mensagens, Palestras Online, Psicografias...

MENU

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Pais crucificados

Pais crucificados

Quando vemos o jovem que passa, com andar irreverente, cabelos coloridos, roupas extravagantes e pulseiras de vários modelos e cores, logo imaginamos que é filho de pais descuidados.

Quando vemos o jovem que passa, com andar irreverente, cabelos coloridos, roupas extravagantes e pulseiras de vários modelos e cores, logo imaginamos que é filho de pais descuidados.

Todavia, não raro, por trás desse jovem, aparentemente rebelde, há pais de consciência tranquila e segura por saber que, apesar da aparência um tanto exótica, seu filho é uma alma boa, educada, respeitadora das leis.

No entanto, há jovens de aparência harmônica, de gestos reverentes e roupas bem alinhadas que crucificam seus pais impondo-lhes dores e sacrifícios cruéis.

Há pais crucificados por filhos rebeldes, desobedientes e inconsequentes, cuja indiferença aos conselhos paternos se constitui em verdadeiro martírio.

Há pais crucificados por filhos toxicômanos, infelizes, desditosos.

Há pais crucificados por filhos prostituídos e prostituidores, que carregam o coração envolto em dor suprema.

Há pais crucificados por filhos criminosos, que carregam no coração a amargura de ver o rebento criado com tanto carinho, detido por grades como se fosse fera perigosa.

Há pais crucificados por filhos corruptos, desleais, que sentem na alma a desdita de ver seus mais sinceros esforços por bem educá-los se perderem como gotas que somem em terreno árido.

Há pais crucificados por filhos ingratos ou indiferentes, que trazem a alma dilacerada pelos espinhos cruéis dessas chagas morais.

Há pais crucificados por filhos adotivos que não se cansam de lhes atirar no rosto o fato de não serem filhos naturais, esquecidos de que os pais adotivos os aceitaram por opção, por amor, e não por obrigação ou imposição.

Há pais crucificados pela solidão… pela saudade…

Há pais crucificados por tantas dores…

Mas, acima de todas essas dores, há um Pai justo, amoroso e bom, que tudo vê e a tudo provê.

Se você é um desses pai ou mãe que carrega sua cruz em silêncio, pense que Deus observa seus sofrimentos e vela por seus passos.

Pense que essa alma, antes de ser seu filho é filho de Deus.

O importante é que sua consciência esteja tranquila por ter feito e continuar fazendo todo o possível para bem educar seu filho.

Lembre-se de que Deus, que é a Suprema Sabedoria, Justiça e Amor, encontrará meios de corrigir as almas mais rebeldes, mesmo que para isso sejam necessários muitos séculos.

Por essa razão, se o seu coração de pai ou de mãe está desalentado e o desespero lhe ronda a alma, lembre-se da oração.

Ore com fervor rogando forças para seguir em frente e dar conta dessa missão grandiosa que o Criador lhe confiou.

Não permita que o desânimo lhe faça companhia.

Os dias passam e com eles surgem novas oportunidades, e Deus possui recursos inimagináveis.

Pense que seus esforços de hoje serão compensados pelas alegrias de um amanhã feliz, após vencidas as árduas lutas por conduzir ao Pai Criador essas almas rebeldes que hoje são seus filhos.

*   *   *

Pais e mães, vós sois os arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.

O arqueiro, que é o Criador, mira o alvo na senda do Infinito e vos estica com toda a sua força para que Suas flechas se projetem, rápidas e para longe.

Que vosso encurvamento na mão do Arqueiro seja vossa alegria, pois assim como o Arqueiro ama a flecha que voa, ama também o arco que permanece estável.

Pense nisso!

 
Redação do Momento Espírita, com pensamentos finais do cap. Os filhos, do livro O profeta, de Gibran Khalil Gibran, ed. Agici.

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

[Ver mais sobre Sempre com alegria]

Sempre com alegria

Irmã Ananda. Ananda quer dizer alegria. Irmã Alegria. Desde sua mais tenra infância,...

[Ver mais sobre Pobreza e riqueza]

Pobreza e riqueza

Pela metade do século XX, um filme de suspense de Alfred Hitchcock fez sucesso: O homem que sabia...

[Ver mais sobre Perante as tempestades]

Perante as tempestades

Raios caíam rasgando o céu. Trovões ressoavam sacudindo paredes. Ventos fortíssimos carregavam...

[Ver mais sobre Os desafios da vida]

Os desafios da vida

Abrir a caixa de um quebra-cabeças pela primeira vez, desses de milhares de minúsculas peças, é...

Olá, deixe seu comentário para Pais crucificados

Enviando Comentário Fechar