Redação Espírita - Mensagens, Palestras Online, Psicografias...

MENU

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Perguntas e ordens

Perguntas e ordens

Você já escovou os dentes? Você já estudou? Você já fez a lição? Você já arrumou o seu guarda-roupas? Certamente essas e outras perguntas você, como pai ou mãe, já fez centenas de vezes aos filhos.

Você já escovou os dentes?

Você já estudou?

Você já fez a lição?

Você já arrumou o seu guarda-roupas?

Certamente essas e outras perguntas você, como pai ou mãe, já fez centenas de vezes aos filhos.

Também já deve ter dado outras tantas vezes as seguintes ordens:

Vá tomar banho.

Vá lavar as mãos.

Venha almoçar.

Vista o uniforme que já está na hora!

Penteie o cabelo.

Todas essas preocupações são procedentes e é natural que as tenhamos sempre em mente.

Mas você já se deu conta de que quase todas dizem respeito ao bem-estar físico do seu filho?

Quantas vezes você já perguntou ao seu filho se ele está feliz?

Se ele tem sido gentil com os seu amigos?

Se dormiu bem, se teve pesadelos ou se sentiu medo à noite?

Se tem agido com cordialidade com seus colegas de escola?

Se ele é honesto em todas as ocasiões que se apresentam?

Você já perguntou ao seu filho se ele gosta de todas as atividades que você lhe impõe? Ou simplesmente ordena e quer ser obedecido?

Afinal, você leva em conta os sentimentos do seu filho?

Há pais que desejam que os filhos façam tudo o que eles não puderam fazer e não se questionam quanto aos gostos e desgostos das crianças.

Desejam realizar-se através dos filhos e não percebem que os filhos anseiam por algo completamente diferente.

E não se dão conta, esses pais que, desrespeitando os sentimentos e tendências dos filhos, os farão tão infelizes quanto eles mesmos o foram.

É graças a esse tipo de comportamento dos pais que muitos jovens se infelicitam, a ponto de apelar para as drogas, numa tentativa de sufocar as necessidades não atendidas.

Pode ser também por causa desse tipo de ação dos pais que muitos adolescentes usam drogas para serem aceitos no grupo, pois eles aprenderam que sempre têm que fazer o que os outros querem, para que os aceitem.

Nesses dias de tantos desentendimentos entre pais e filhos é importante fazer uma pausa para refletir sobre o assunto.

É preciso fazer uma análise dos valores que estamos passando às crianças diariamente e, se for preciso, refazer o passo.

Se é válido que nos preocupemos com a sua saúde e o seu bem-estar físico, é imperioso que cuidemos bem da sua saúde psíquica e moral.

A fase da infância passa rápido mas o ser espiritual leva para o resto da existência as bases que recebeu nesse período.

Por essa razão, antes de fazer as perguntas e dar as ordens habituais ao seu filho, lembre-se também do seu bem-estar no campo dos sentimentos e inclua-o em suas preocupações diárias.

*   *   *

Em pesquisa realizada pelo IBOPE, sob encomenda da Associação Parceria contra as drogas, publicada no Jornal Gazeta do Povo, foi constatado que os problemas ocorridos dentro do lar são o principal motivo que leva adolescentes e jovens às drogas.

Isso nos leva a concluir que a chave para a solução desse terrível mal social está dentro de casa e se chama amor e disciplina.

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

[Ver mais sobre Sempre com alegria]

Sempre com alegria

Irmã Ananda. Ananda quer dizer alegria. Irmã Alegria. Desde sua mais tenra infância,...

[Ver mais sobre Pobreza e riqueza]

Pobreza e riqueza

Pela metade do século XX, um filme de suspense de Alfred Hitchcock fez sucesso: O homem que sabia...

[Ver mais sobre Perante as tempestades]

Perante as tempestades

Raios caíam rasgando o céu. Trovões ressoavam sacudindo paredes. Ventos fortíssimos carregavam...

[Ver mais sobre Os desafios da vida]

Os desafios da vida

Abrir a caixa de um quebra-cabeças pela primeira vez, desses de milhares de minúsculas peças, é...

Olá, deixe seu comentário para Perguntas e ordens

Enviando Comentário Fechar