Redação Espírita - Mensagens, Palestras Online, Psicografias...

MENU

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Sabedoria Divina

Sabedoria Divina

Julgamo-nos senhores de tudo: do tempo, do espaço e de nós mesmos. Ainda não entendemos que nada neste mundo nos pertence. Tudo que temos nos é dado por empréstimo. Uma concessão para que consigamos a nossa evolução espiritual.

Julgamo-nos senhores de tudo: do tempo, do espaço e de nós mesmos. Ainda não entendemos que nada neste mundo nos pertence. Tudo que temos nos é dado por empréstimo. Uma concessão para que consigamos a nossa evolução espiritual.

Não estamos sozinhos nessa jornada. Ninguém evolui sozinho. Precisamos uns dos outros para vivenciar as mais nobres virtudes, no exercício de sentimentos como o amor, a caridade e a benevolência. A humildade e a mansidão. Precisamos sempre uns dos outros.

A sabedoria divina nos coloca agrupados em famílias, em comunidades e nos proporciona trabalho em conjunto. Coloca-nos no mundo que conhecemos e desenvolveremos nosso aprendizado: o Orbe Terrestre, e não é por acaso.

Dentro do Orbe Terrestre, vivenciamos o tempo cronológico com limitações: passado presente e futuro; mesmo tendo a percepção de que a vida espiritual transcende esse tempo, pois de outra forma o ser humano não conseguiria entender suas responsabilidades, seu compromisso com o outro e por fim, o seu processo de evolução. Deixaria tudo para depois… E acabaria por viver na prostração. Imortalidade, por alguns instantes, somos tomados pelo assombro, pelo fantástico, e principalmente pela ideia de poder que essa palavra nos remete.

Talvez esse seja o sonho mais profundo de todo ser humano, o bem mais precioso, como é narrado em livros e filmes de ficção, onde através da imortalidade o homem será senhor de tudo para todo sempre vivendo num corpo imperecível, não passando por tanto pela fase de envelhecimento. E questiono de que adiantaria todo esse poder? Qual a sua utilidade? O curioso disso tudo é que não existe ficção quando dizemos que somos espíritos imortais, mas quantos se atentam para essa realidade? Quantos celebram e vivem de forma condizente com essa realidade, buscando a elevação e o amadurecimento espiritual?

Isto é o que realmente dá ao homem o poder sobre si mesmo. Esse é um segredo que o homem ainda não se apercebeu. Mas se procurarmos nos conhecer melhor, ou seja, conhecer o “Eu Crístico” que vive em cada um, descobrirá que todos somos deuses imortais e consequentemente vivenciará as responsabilidades que esse presente do Pai implica. Não é possível fugir dos problemas das decepções, das dores, das dúvidas, do medo com a morte carnal, como julgam alguns.

A morte não é a solução dos problemas. A morte nada mais é do que uma fase de transição, uma fase para reflexão e um novo aprendizado. A solução dos problemas está no entendimento de nosso Eu Crístico, na essência do nosso ser. Está em nossa vontade de colocar luz nas nossas sombras. Na vontade aliada à perseverança de busca ser melhor a cada dia.

Está na certeza de dar um passo de cada vez, vislumbrando o momento em que estejamos mais preparados para desenvolver o amor, e dessa forma compartilhar a felicidade para a qual todos são predestinados. Dentro da imortalidade não há passado presente ou futuro, mas a oportunidade constante de a cada momento fazer o melhor, não apenas deixar de fazer o mal, mas principalmente fazer o bem a si e ao outro.

E é na vivencia desse presente que vivenciamos a unicidade com o Pai. Unicidade, onde todos somos um, não importando que papel venhamos a desempenhar (pais, filhos, cônjuges, amigos irmãos). Somos Amor e frutos do Amor.

Percebam como o Pai é imensamente sábio, pois de que de outra maneira conseguiríamos nos sentir tão próximos e iguais diante de tantas particularidades? Na Unicidade, as diferenças do eu exclusivo são preservadas, mas é permitido saborearmos a complexidade e a dádiva de ser o Todo também.

Caminhemos meus amigos, vigilantes buscando sempre o roteiro seguro do evangelho para nosso crescimento nessa jornada de aprendizado.

Médium: Lúcia
Espírito: Irmão Guilherme (Colônia Espiritual Maria de Nazaré)

Veja Também!

Os artigos relacionados podem te interessar:

[Ver mais sobre Brancos Existenciais]

Brancos Existenciais

Há momentos em que as palavras somem e ficam apenas os sentimentos, acompanhados daquela...

[Ver mais sobre Flores e Frutos]

Flores e Frutos

A magnitude da bondade de Deus se manifesta espontaneamente em todos os cantos de sua obra.

[Ver mais sobre Que Brilhe a Vossa Luz!]

Que Brilhe a Vossa Luz!

Eis meus amigos o convite do Mestre: Que Brilhe a Vossa Luz! Por que somos convidados a fazer com...

Olá, deixe seu comentário para Sabedoria Divina

Enviando Comentário Fechar